(31) 4063-9493 | 3146-9493     [email protected]

    • (31) 99725-4404

Escolhendo o Melhor Método de Análise

Por:Analytics Brasil
Análises Químicas | Higiene Ocupacional

12

mar 2019

Você sabe quem é o responsável por selecionar um método de análise? Saiba que o encarregado é você Higienista, e não o laboratório. Confira neste artigo algumas dicas de como escolher o melhor método de análise para as suas amostras.

Para uma análise correta, é necessária uma amostragem confiável dos agentes químicos e fundamentada em técnicas seguras. Uma correta amostragem permite identificar quais tipos de substâncias e produtos perigosos estão presentes no ambiente de trabalho.

Não esqueça de curtir a nossa FanPage e ficar por dentro de todas as dicas e novidades!

Métodos NIOSH e OSHA

Os métodos NIOSH e OSHA apresentam as especificidades para as análises químicas e as coletas de amostras, além de:

Aplicações;

Limitações;

Faixas de Atuação;

Interferentes;

Precauções Especiais.

Todos esses fatores devem ser apurados em campo, por você, Higienista Ocupacional. O laboratório infelizmente, na maioria das vezes, não consegue ter a real dimensão do ambiente que você está atuando, as limitações e se existe interferente ou não nos processos.

Apenas quem está em campo conhece qual método deve ser utilizado.

Método Aplicável

Como saber se o método é aplicável para minha exposição?

  1.    Ler o método;
  2.    Verifique se os agentes que você procura podem ser analisados pelo método;
  3.    Há alguma substância química no ambiente que possa interferir na minha análise?
  4.    Há alguma condição ambiental especial para ser respeitada nessa amostra?

Se você faz uma amostragem, é necessário repassar para o laboratório as condições daquele ambiente para que o resultado seja mais preciso.

Quais agentes químicos podem ser analisados?

Os agentes químicos podem ser identificados na forma de poeiras, fumos, gases névoas ou qualquer outra forma gasosa ou líquida.

O primeiro grande grupo é o dos materiais particulados, ou aerodispersóides. Nesse grupo, os contaminantes são partículas sólidas ou líquidas dispersas no ar. Já o segundo grupo é formado por gases e vapores, contaminantes na forma gasosa.

Veja os agentes mais comuns a serem identificados e analisados no ambiente de trabalho:

amianto;

amônia (NH3);

dióxido de enxofre (SO2);

monóxido de carbono (CO);

vapores orgânicos;

compostos orgânicos voláteis (VOCs) e semivoláteis (SVOC);

partículas de metais;

sílica cristalina;

ácidos inorgânicos.

A Analytics Brasil fornece uma linha completa de testes analíticos para higiene ocupacional. Podemos auxiliá-lo a escolher o melhor e mais econômico método de amostragem, que incluem métodos ativos e métodos de amostragem passiva. Possuímos acreditação total ISO/IEC 17025.

Contamos com a reputação e experiência do laboratório de análises químicas Analytics Corporation, que ao longo dos últimos 30 anos, fornece dados analíticos de melhor qualidade nos EUA para centenas de compostos.

Utilizamos metodologias da NIOSH e OSHA.

Para saber mais sobre reconhecimento de riscos e sobre Higiene Ocupacional não deixe de curtir as redes sociais da Analytics Brasil!

Confira o vídeo completo, disponível no Youtube: Escolhendo o Melhor Método de Análise.


Compartilhe:

Av. Bernardo Monteiro, 971 - 10 andar, Funcionários - Belo Horizonte /MG

(31) 4063-9493 | 3146-9493

(31) 99725-4404

[email protected]