(31) 4063-9493 | 3146-9493     [email protected]

    • (31) 99725-4404

Os Segredos da Análise de Metais dentro do Laboratório

Por:Redator Analytics Brasil
Sem categoria

24

abr 2020

Nesse artigo, eu Leandro Magalhães, irei desvendar como as análises de metais são realizadas no laboratório e explicar porque é essencial a identificação prévia dos tipos de metais envolvidos no processo e dos tamanhos das partículas que geradas. 

 

Acompanhe o artigo!    

 

Não se esqueça de curtir a nossa FanPage e ficar por dentro de todas as dicas e novidades!  

Todas as terças-feiras às 19h temos nossas lives sobre o que há de mais novo e mais moderno em Higiene Ocupacional. Um conteúdo técnico e direcionado da área. Toda semana um assunto novo e convidados especiais. Aproveite e se inscreva para a nossa live da próxima semana, clique aqui e garanta a sua vaga! 

 

Como são feitas as avaliações de metais? 

 

Os métodos de análise são baseados na solubilidade dos metais e no processo de digestão das amostras e é específico para cada tipo de metal. O tipo de filtro, ácidos ou peróxidos a serem utilizados são determinados pelos métodos indicados pela NIOSH ou OSHA. 

Primeiramente, os metais são coletados através de cassetes com filtros de celulose ou de PVC. No laboratório, o filtro é disposto em um béquer, são adicionados ácidos ou peróxidos e o sistema é aquecido de modo a dissolver as partículas dos metais e destruir o filtro de celulose, o filtro de PVC continua inteiro neste processo. Posteriormente, o líquido resultante será analisado por ICP-AES (Espectrometria de Emissão Atômica por Plasma Acoplado Indutivamente) ou ICP-OES (Espectrometria de Emissão Óptica por Plasma Acoplado Indutivamente). 

Basicamente, o princípio da espectrometria de emissão atômica consiste na detecção da radiação eletromagnética emitida pela amostra após ser atomizada em determinadas condições.na espectrometria de emissão óptica a análise é realizada através da identificação do comprimento de onda emitido por cada elemento. Nestes casos, a ionização dos elementos é feita pelo plasma indutivo de argônio. 

Sendo assim, a análise laboratorial não identifica o tamanho das partículas já que elas serão dissolvidas. A seleção do tamanho de partícula deve ser realizada no momento da coleta por meio do uso ou não de seletores de partículas como: ciclone e suporte IOM. Devido a isso, é essencial que a identificação dos tipos de metais envolvidos no processo e dos tamanhos de partículas geradas seja realizada previamente. 

 

Ficou com alguma dúvida? Deixe o seu comentário!  

 

A Analytics Brasil além de realizar análises químicas para higiene ocupacional, atentando aos melhores métodos de amostragem de acordo com as necessidades de sua empresa, orientando quanto ao melhor tipo de amostragem, também realiza serviços de assessoria e consultoria em higiene ocupacional, além de oferecer palestras de cunho educativo sobre higiene ocupacional. Contate-nos e saiba mais! 


Compartilhe:

Av. Bernardo Monteiro, 971 - 10 andar, Funcionários - Belo Horizonte /MG

(31) 4063-9493 | 3146-9493

(31) 99725-4404

[email protected]