(31) 4063-9493 | 3146-9493     [email protected]

    • (31) 99725-4404

Os tipos de limites de exposição ocupacional

Por:Jussara
Higiene Ocupacional

23

out 2020

Você tem segurança quando o assunto é limites de exposição? Muitas das dúvidas que aparecem ocorrem pela falta de conhecimento dos tipos de limites. Entender o tipo de dano e a carga horária associados ao limite é fundamental. 

Para saber mais acompanhe este artigo!  

Não se esqueça de curtir a nossa FanPage e ficar por dentro de todas as dicas e novidades!    

Todas as terças-feiras às 19h temos nossas lives sobre o que há de mais novo e mais moderno em Higiene Ocupacional. Um conteúdo técnico e direcionado da área. Toda semana um assunto novo e convidados especiais. Aproveite e se inscreva para a nossa live da próxima semana,  clique aqui e garanta a sua vaga!   

Limites de exposição ocupacional 

O entendimento sobre os limites de exposição ocupacional para agentes químicos é de fundamental importância para um bom trabalho de higiene ocupacional. Eles nos ditam o tempo de amostragem e para qual tempo devemos concluir a exposição ocupacional dos trabalhadores. Atualmente, possuímos limites de exposição ocupacional na NR-15 e a NR-9 indica que na ausência de limites na NR-15 devemos utilizar os da ACGIH, que são atualizados anualmente.  

Média Ponderada no tempo 

O limite média ponderada no tempo ou TWA é estabelecido tanto pela NR-15 quanto pela ACGIH, visa prevenção contra efeitos crônicos, de longo prazo para trabalhadores que estão expostos dia após dia, repetidamente ao longo de sua vida laboral. Sua base temporal é de 8h diárias e até 48h semanais para NR-15 e 40h semanais para ACGIH.  

TETO 

Estabelecido pela NR-15 e ACGIH, o TETO não pode ser ultrapassado em momento algum da jornada. Visa prevenção de irritação física. E a medição deve ser instantânea através de tubos colorimétricos ou dispositivos de leitura direta, caso não seja possível, deve-se coletar o menor tempo possível. 

STEL 

Estabelecido apenas pela ACGIH, o STEL é um limite de exposição de curta duração e visa prevenção contra efeitos agudos devido uma alta exposição do trabalhador. O seu valor não pode ser ultrapassado em momento algum da jornada e sua base temporal é de 15 minutos. 

Valor máximo e pico 

O valor máximo é estabelecido pela NR-15 como a multiplicação do limite de tolerância pelo fator de desvio apresentado no Anexo XI. O valor pico é estabelecido pela ACGIH como cinco vezes o limite TWA. Em momento algum as exposições podem chegar próximas ao valor máximo ou pico. 

Limites de superfície 

Limite estabelecido pela ACGIH, onde verifica-se a exposição das substâncias que possam estar em uma superfície de trabalho. Em geral, são para aquelas substâncias que têm o potencial de serem absorvidas pela pele. A coleta destes agentes é feita por lenços para a amostragem de toda a área. 

A Analytics Brasil além de realizar análises químicas para higiene ocupacional, atentando aos melhores métodos de amostragem de acordo com as necessidades de sua empresa, orientando quanto ao melhor tipo de amostragem, também realiza serviços de assessoria e consultoria em higiene ocupacional, além de oferecer cursos e palestras sobre reconhecimento e avaliação de agentes químicos para higiene ocupacional. 

Contate-nos e saiba mais! 


Compartilhe:

Av. Bernardo Monteiro, 971 - 10 andar, Funcionários - Belo Horizonte /MG

(31) 4063-9493 | 3146-9493

(31) 99725-4404

[email protected]