(31) 4063-9493 | 3146-9493     [email protected]

    • (31) 99725-4404

Que efeitos um agente químico pode causar no organismo?

Por:Redator Analytics Brasil
Higiene Ocupacional

20

mar 2018

São diversos os perigos a que determinado indivíduo está exposto ao manipular produtos químicos. Podem ocorrer danos à saúde que vão desde irritação dos olhos e da pele até a ocorrência de incêndio ou explosão.

Caso queira saber mais sobre como determinados agentes causam incêndio ou explosão, veja este artigo.

No artigo de hoje iremos abordar alguns dos principais efeitos químicos causados no organismo e as consequências para a saúde do trabalhador, confira!

A higiene ocupacional é extremamente importante para prevenção dos riscos químicos. Veja um dado relevante: No Reino Unido, o número de mortes em decorrência de câncer e doenças respiratórias motivadas pelo local de trabalho é de aproximadamente 12.000 casos anuais! É um número relevante visto que o número de casos de mortes por acidente de trânsito, por exemplo, chega a 2.500 mortes por ano.

Vamos entender uma pouco melhor sobre como os agentes químicos podem prejudicar trabalhadores expostos a eles.

Pele

A pele é o maior órgão do corpo humano e tem a função de proteger o organismo contra o ataque de patógenos.

A pele pode ser afetada por diversos agentes químicos, biológicos e físicos. Os tipos de efeitos causados são:

  • Dermatite

Um produto irritante aplicado diretamente sob a pele em concentração e tempo suficiente pode danificar as células provocando um processo inflamatório que gera vermelhidão e coceira. Enquanto um produto sensibilizante pode provocar dermatite nas pessoas mais sensíveis.

Os irritantes mais comuns são detergentes, sabões, solventes orgânicos, ácidos e álcalis. Os sensibilizantes mais comuns são plantas, antibióticos, corantes, metais, cromados, borrachas e resinas.

  • Câncer

Óleos minerais, creosoto e radiação ultravioleta e ionizante podem causar câncer de pele. O tempo entre a exposição e o desencadeamento do câncer varia de pessoa para pessoa, por isso é importante a não exposição a este tipo de agente.

  • Dano físico

A fricção e o clima podem danificar a pele. As lesões por fricção são mais comuns em trabalhos manuais pesados, como na mineração e na construção, e na utilização de equipamentos cortantes que em muitos casos pode levar a abrasões e lacerações.

  • Biológico

A pele está sujeita a diversos agentes biológicos, como infecções virais de animais, infecções por fungos e leveduras. Em alguns ambientes laborais como em laboratórios, por exemplo, os trabalhadores estão expostos a estes agentes.

 

Para entender mais sobre como antecipar, reconhecer, avaliar e controlar a exposição a agentes químicos no local de trabalho não deixe de ler os vários artigos que temos no nosso blog sobre esse assunto.

 

A Analytics Brasil faz uso das metodologias propostas pela NIOSH e OSHA, contando com ACREDITAÇÃO TOTAL DA AIHA (Associação Norte-Americana de Higiene Industrial) desde o ano de 1981. Além disso, os dados obtidos nos relatórios de nossas análises são comparáveis com os limites de tolerância da legislação brasileira e da ACGIH com o objetivo final de determinar se o local é seguro e está em conformidade, eliminando passivos trabalhistas e insalubridade associados com a exposição no local de trabalho.

Analytics Brasil: Higiene Ocupacional ao alcance de suas mãos.

Ficou alguma dúvida? Deixe seu comentário!

Fonte:https://www.ohlearning.com/Files/Student/KA02%20v2-0%2018Oct10%20Manual%20Do%20Aluno1.pdf


Compartilhe:

Av. Bernardo Monteiro, 971 - 10 andar, Funcionários - Belo Horizonte /MG

(31) 4063-9493 | 3146-9493

(31) 99725-4404

[email protected]