(31) 4063-9493 | 3146-9493     comercial@analyticsbrasil.com.br

Veja os 3 agentes químicos mais tóxicos presentes nas tintas

Por:Analytics Brasil
Higiene Ocupacional | Segurança do Trabalho

19

jun 2019

A secagem e o endurecimento da película da tinta é um pouco complexo e é dado por três mecanismos. A tinta pode ser classificada como uma mistura estável de parte sólida que forma uma película que adere-se à superfície.

Mas quais são os agentes químicos envolvidos neste processo?

Acompanhe este artigo e saiba mais!

Não se esqueça de curtir a nossa FanPage e ficar por dentro de todas as dicas e novidades!

Processo de Secagem de Tintas

 

  • Evaporação dos solventes

 

Este é o caso mais comum, em que o processo de evaporação do solvente ocorre durante a aplicação da tinta. A película seca só irá se originar quando todas as moléculas entrarem em contato umas com as outras sobre a ação de forças intermoleculares atrativas

  • Polimerização Auto-Oxidativa

A polimerização trata-se de monômeros, pequenas unidades que ligam-se a outro agente, que reagem formando uma estrutura maior que são os polímeros. Em geral, este processo se dá por oxidação, devido ao oxigênio presente na atmosfera. Este processo de cura acontece com o tempo, o solvente evapora, o oxigênio catalisa a polimerização e irá haver a fixação da película na superfície.

  • Ação do calor

Há também o processo de calor, em que o objeto recém pintado é colocado no forno ou por meio de radiação, em que o processo se dá através de uma câmara de UV visível.

As resinas (formadoras das películas) presentes nos processos de pintura são constituídas de:

 

  • Sintéticas:  alquídicas,  vinílicas, celulósicas,  ésteres de resina de pinho,  epóxis, ureia-melamina, uretanas, estirenos fenólicas, hidrocarbonetos, poliésteres.
  • Naturais: goma-laca, resina de pinho (colofonia) e outras.

 

Os agentes químicos mais tóxicos presentes nas tintas

As classes de tintas de epóxi, ou tinta epóxi; tinta uretânica, e de poliuretanos são as mais complexas em termos de composição do material polimérico.

As tintas epóxi tem um alto teor de epicloridrina e Bisfenol A, que são extremamente tóxicos. Esses componentes reagem e fazem a polimerização desta tinta e fixação. Tome cuidado com estes agentes, pois nem sempre eles aparecem na FISPQs.

Em relação às tintas poliuretânicas, elas possuem isocianatos que têm um limite de exposição muito baixo. É necessário atenção redobrada. Verifique a composição das resinas, esses compostos possuem limites muito baixos.

A Analytics Brasil além de realizar análises químicas para higiene ocupacional, atentando aos melhores métodos de amostragem de acordo com as necessidades de sua empresa, orientando quanto ao melhor tipo de amostragem, também realiza serviços de assessoria e consultoria em higiene ocupacional, além de oferecer palestras de cunho educativo sobre higiene ocupacional. Contate-nos e saiba mais!

Confira o vídeo completo, disponível no Youtube: Veja os 3 agentes químicos mais tóxicos presentes nas tintas

 


Compartilhe:

Av. dos Andradas 3323 - Sala 1108/1109, Santa Tereza - BH/MG

(31) 4063-9493 | 3146-9493

comercial@analyticsbrasil.com.br