(31) 4063-9493 | 3146-9493     comercial@analyticsbrasil.com.br

Essa Metodologia para Áreas de Alta Exposição à Sílica, já é tendência no mundo

Por:Analytics Brasil
Analytics Brasil | Segurança do Trabalho

09

jul 2019

Em uma mineração a céu aberto, ou seja, em um ambiente conhecido por ter grandes exposições a sílica cristalina, qual seria a probabilidade desta exposição ser superior a 0,025 mg/m³

Veja neste artigo como avaliar a exposição à Sílica Cristalina em uma mineração. Acompanhe!

Não se esqueça de curtir a nossa FanPage e ficar por dentro de todas as dicas e novidades!

Há uma grande probabilidade que a maioria destas exposições neste cenário, estarão acima de 0,025 mg/m³. Se você como higienista ocupacional julga que qualitativamente estas exposição já estejam acima do limite de exposição ocupacional, faz sentido coletar uma amostra de jornada completa? Qual informação importante será obtida com essa amostra?

Métodos de Análise da Sílica Cristalina

Se a exposição está acima do limite de acordo com seu julgamento, a solução é investir em algum método de controle, porque nosso papel é proteger a saúde do trabalhador e a coleta de uma amostra na qual já se sabe que a exposição estará acima do limite, mostrará apenas o que já se sabia, que a amostra está acima do limite.

Amostragens das tarefas é um método muito mais assertivo e permite que você, como higienista ocupacional, conheça os riscos de exposição detalhamento.  Com isso é possível determinar as melhores medidas de controle para cada tarefa e verificar quais são as exposições que elevam os riscos destes trabalhadores, já que em se tratando da Média Ponderada no Tempo (TWA), a concentração média ao final da jornada é dada pela composição das concentrações das exposições de cada tarefa pelo tempo de exposição.

Converse com o seu cliente, explique para ele que a coleta de várias amostras por tarefa lhe permite um estudo detalhado das tarefas, e que a economia garantida será muito maior, porque as medidas de controle podem ser dimensionadas especificamente para cada atividade sem o risco de um super ou subdimensionamento.

O monitoramento de tarefas tornou-se importante para avaliação de substâncias com limites de exposição muito baixos ou quando se julga que as exposições já estão acima dos limites, isto porque o resultado encontrado em um amostrador é a média ponderada no tempo para aquele tempo de coleta. 

Se durante uma avaliação da exposição o resultado da amostra for de 0,05 mg/m³ e a amostra for tomada durante 6 horas seguidas, a única informação disponível é a exposição do empregado 2 vezes superior à TLV-TWA

No entanto, qual é a fonte da exposição e qual tarefa específica causa o resultado elevado? Este monitoramento por tarefas pode ajudar e muito na adequação de medidas de controle e gerar uma economia de dinheiro, já que a empresa pode implementar controles apenas nas tarefas cujas exposições elevam os valores da exposição TLV-TWA.

O que custa mais barato: uma medida de exposição aplicada ou algumas amostras coletadas para que você compreenda o perfil destes trabalhadores?

A Analytics Brasil além de realizar análises químicas para higiene ocupacional, atentando aos melhores métodos de amostragem de acordo com as necessidades de sua empresa, orientando quanto ao melhor tipo de amostragem, também realiza serviços de assessoria e consultoria em higiene ocupacional, além de oferecer palestras de cunho educativo sobre higiene ocupacional. Contate-nos e saiba mais!

Confira o vídeo completo, disponível no Youtube: Essa Metodologia para Áreas de Alta Exposição à Sílica, já é tendência no mundo

 


Compartilhe:

Av. dos Andradas 3323 - Sala 504, Santa Tereza - BH/MG

(31) 4063-9493 | 3146-9493

comercial@analyticsbrasil.com.br